Siga este e fique atualizado

NÃO DEIXE DE CLICAR NOS ANÚNCIOS DESTE, VOCÊ ESTARA AJUDANDO A PERMANENCIA DO MESMO

Anunakis e Nefelins, Afinal, Quem São?

Existem diversas interpretações sobre o tema (anunakis) a maioria de alguma forma repete as teorias de Zecharia Sitchin e por tabela, em virtude dos relatos dele, acredita que existe um mundo chamado “Nibiru” que viria em 2012 e traria grandes catástrofes. Vamos então, antes de mais nada, saber qual a teoria de Sitchin sobre os anunakis e tentar separar aquilo que tem coerência, daquilo que não tem coerência. Vamos então a teoria de Sitchin:

 

Segundo diz sua teoria, haveria um planeta desconhecido de nossa ciência, com uma órbita elíptica que passaria pelo interior do sistema solar a cada 3.600 anos, planeta esse chamado Nibiru.

 

Comentário: Como já demonstrei nos 5 posts comentando a palestra do André Luiz Ruiz, não existe um corpo com essas características, inclusive no terceiro post eu falo sobre a questão das tábuas sumérias e as fotos falsas do suposto Nibiru:

 

Terceiro post: AQUI

Segundo a teoria de Sitchin, Nibiru seria um planeta que teria colidido com um planeta denominado Tiamat, que ficava entre Marte e Júpiter. Após essa primeira colisão, teria se formado a Terra e o cinturão de asteróides. Posteriormente, uma das luas de Nibiru teria caído em Tiamat ( suposta versão original da Terra) partindo o planeta em duas partes, que viriam a ser atingidas numa segunda passagem de Nibiru, o que causou a mudança de órbita de uma dessas metades criando o que supostamente seria hoje a órbita da Terra.

 

Comentário: O relato mais fiel que possuímos sobre algo parecido ocorreu a aproximadamente um milhão de anos, quando um planeta (Erg) que ficava entre Marte e Júpiter foi destruído por uma civilização denominada Morg em virtude de um evento que comprometeu a estabilidade da vida no seu mundo de origem. Após a destruição de Erg, a 1 milhão de anos, esses seres (Morgs) chegaram a Terra e aqui foram aprisionados pela justiça Divina, não conseguindo mais sair do raio de ação da aura planetária. Esses seres, atualmente, são conhecidos como os dragões ou supremos ditadores do abismo (astral mais inferior da Terra). Os relatos sobre Erg podem ser lidos na obra de Feraudy que aborda o tema e também na série de textos aqui do blog intitulada “Dragões e magos negros”

 

Segundo a teoria de Sitchin, Nibiru seria o lar de uma raça humanóide avançada (ou seja, possuíam corpos físicos como os hominídeos) denominada anunaki que seria equivalente aos nefilim descritos na Bíblia e chegaram pela primeira vez na Terra a aproximadamente 450 mil anos com o intuito de extrair ouro e outros minérios para levar ao seu mundo de origem e para isso criaram geneticamente o homo sapiens a partir de experiências genéticas do homo erectus com genes extraterrestres e que as referências dos sumérios de aproximadamente 2 mil anos A.c. seriam referências aos anunaki.

 

Comentário: Antes de mais nada, vamos ver o texto bíblico que fala dos nefilim bem como seu contexto pra entender, segundo a Bíblia, quando surgiram os tais neflins. A história deles começa nos primeiros versículos do capítulo 6 da Gênesis que fala sobre os eventos envolvendo Noé. A palavra nefilim vem da raíz hebraica nefilá que significa “caído”. Aqui a coisa começa a ficar interessante, pois o capítulo fala da união dos filhos dos deuses (elohim) com as filhas do homem e fala que nesse tempo, quando os filhos dos deuses se uniam às filhas dos homens, já existiam os gigantes (chamados de nefilins, caídos). Já abordei aqui no blog que os “tempos de Noé” se referem a época do afundamento da Atlântida, o farol do mundo, a mais alta montanha que foi submersa pelas águas, por isso o relato do “dilúvio universal” fala nas águas cobrindo o mais alto monte da Terra (Gênesis 7:19-22).

 

Ora, os filhos dos deuses ou “filhos de elohim” nada mais eram do que os atlantes, mas os “originais”, ou seja, aqueles espíritos de grande moral que criaram a última Era de Ouro encarnando como atlantes, que era um povo alto (com altura dos homens variando entre 2,10 a2,50) de nobre caráter que auxiliou no desenvolvimento do homo sapiens para o homo sapiens sapiens, pois após o afundamento da Atlântida os remanescentes de nobre moral da Atlântida tiveram filhos com as “filhas dos homens” ou seja, a civilização humana que existia na Terra a aproximadamente 11.500 anos e era um protótipo do que é hoje o homo sapiens sapiens.

 

Já os nefelins ou “caídos” eram os espíritos dos rebeldes capelinos encarnados na Atlântida e que foram os responsáveis pela queda e afundamento da Atlântida.  Dessa forma a teoria de Sitchin perde o sentido, pois o exílio de Capela ocorreu a aproximadamente 12 mil anos e não a 450 mil anos, a Bíblia deixa claro que os nefelim eram os rebeldes capelinos encarnados como gigantes atlantes na época do afundamento, da mesma forma que a teoria de Sitchin não se enquadra nos estudos do Feraudy e nem das minhas próprias buscas sobre o tema, pois o exílio dos dragões foi bem anterior a 450 mil anos, sendo que os dragões ou morgs não vieram pra cá em corpo físico e sim em corpo astral.

 

 

 

 

Realmente os dragões realizaram experiências genéticas, mas não pra extrair minerais e sim pra construir pirâmides (mas isso é uma outra e longa história que merece um livro e não cabe num texto), foram eles que aperfeiçoaram o homo erectus, mas depois de um curto espaço de tempo foram os dragões definitivamente exilados para o astral inferior da Terra e dessa forma foram espíritos de luz que deram continuidade ao avanço genético da humanidade, passando pelo homem de cromagnon até chegar ao sapiens sapiens. Falei sobre isso recentemente no texto sobre os ciclos planetários: AQUI

Vejamos então o que diz a Gênesis 6:4

 

“Naqueles dias estavam na terra os nefelim, e também depois vieram os filhos de Elohim, que se uniram com as filhas do Homem, nasceram-lhe os valentes do mundo, os renomados”

 

Ou seja, segundo a Bíblia:

 

Nefelin = os gigantes, os caídos, os exilados de Capela que corromperam a Atlântida quando começaram a encarnar entre os atlantes

 

Filhos de Elohim  = os filhos dos deuses (atlantes da era de ouro), espíritos que possuíam grande moral assim como os atlantes da era de ouro e que antes do afundamento da Atlântida já atuavam no desenvolvimento genético da humanidade, sobretudo na Europa e África (vide o link do texto que deixei a pouco)

 

Valentes do mundo = nova humanidade, o sapiens sapiens com o característica aventureira de busca e conquista, expansão pra novos horizontes, o que alavancou o desenvolvimento social dessa nascente humanidade, mesmo que envolta em muitas guerras, pois os espíritos que ali encarnavam eram os mesmos rebeldes capelinos que afundaram a Atlântida em meio a guerras e agora reencarnavam numa sociedade mais rústica para evoluir.     

 

Em suma, se considerarmos que a Bíblia se refere aos anunaki / nefelim como os rebeldes capelinos que encarnaram na Atlântida  e com a guerra afundaram a grande Poseidonis, estes ainda estão encarnando no meio de nós em várias partes do mundo, assim como espíritos exilados de diversos outros orbes, perfazendo um total de 2 terços de toda uma humanidade potencialmente em vias de ser exilada no processo que será acelerado nos próximos 24 anos até seu auge em 2036.

 

Se considerarmos os anunaki como os dragões que vieram pra cá a um milhão de anos, estes estão confinados ao astral mais inferior do planeta Terra e apenas aguardam o inevitável degredo.

 

De uma forma ou de outra não teremos Nibiru ou qualquer outro planeta adentrando o sistema solar, muito menos habitantes desse suposto planeta, que não existe, voltando em naves pra criar o caos na Terra, até porque os tais “nefelins” ou “anunakis”, considerando que são os exilados de Capela em um grupo e em outro grupo os dragões, já estão trazendo bastante caos pra Terra e serão em sua grande maioria inevitavelmente exilados.

 

Quem ainda espera era de luz em 2012, sistema solar orbitando Alcyone, resgate por naves de ETS ou teoria apocalípticas como Nibiru vindo em direção a Terra em 2012 eu apenas digo uma coisa: continuem esperando, de preferência fazendo algo realmente útil em benefício do próximo, pois nenhuma dessas teorias vai acontecer ao final de 2012: nem chegará Nibiru ou um apocalipse mala e muito menos adentraremos numa era de luz ao afinal de 2012.

 

Não precisamos esperar que a mudança venha de fora, com um banho de fótons ou  uma nave no céu, basta olhar ao redor e dentro de si, pra constatar que a mudança é inevitável e quem não buscar melhorar-se sinceramente, vai ser retirado da Terra inevitavelmente. Cabe a cada um escolher se muda por espontânea vontade nos próximos anos e luta de verdade pra vencer as más inclinações (começando por reconhecer que possui várias dessas inclinações, sem autoenganos) ou se muda compulsioriamente, ao longo de milhares de anos em um mundo mais atrasado através de duras expiações. Essa escolha, esse momento decisivo cabe a cada um; é responsabilidade única de cada um, pessoal e intransferível.

 

Talvez por isso essas épocas que aproximam ao auge de uma grande mudança (2036) causem tanta inquietação nas pessoas, pois elas sentem, mesmo que tentem fugir do confronto consigo mesmas, que precisam olhar frente a frente pra quem realmente são e escolher então como vai ser a mudança: se real, sincera, laboriosa ou a autoilusão que levará ao inevitável exílio. 

 

A escolha, como sempre, é de cada um.     

 

Fanpage Profecias o Ápice em 2036: 
  http://www.facebook.com/josemaria.alencastro2036  

 

Fonte: http://profeciasoapiceem2036.blogspot.com/#ixzz20oYjq8Id

Pilotos comerciais temem os UFOs

Em suas cabines os pilotos comerciais têm observado UFOs por décadas, porém nem todas as ocorrências são informadas

Muitos avistamentos protagonizados por tripulantes de voos comerciais não são informados por medo

Pilotos de voos comerciais estão entre as melhores testemunhas de casos ufológicos que um pesquisador pode querer. Porém, temendo ver a carreira e a segurança das famílias ameaçadas, a maior parte deles prefere manter-se em silêncio diante de avistamentos de discos voadores. De acordo com o Centro Aeronáutico Nacional de Registros de Fenômenos Anômalos (Narcap), existem ao menos 3.500 casos documentados de fenômenos aéreos não identificados testemunhados por pilotos civis, comerciais e militares.
Uma dessas importantes testemunhas foi o capitão Jim Courant, veterano piloto comercial com 31 anos de carreira. Ele chegou a participar de eventos ufológicos realizados no National Press Club em Washington, e passou anos estudando o Fenômeno UFO. Ele afirma: “Existem muito mais avistamentos do que os que são informados. Chega a ser surpreendente ver como há muitas pessoas bem informadas a respeito. Devido a suas participações em programas na TV, já foi procurado por muitos pilotos que lhe narraram os casos que protagonizaram, mas a maioria segue muito receosa a expor tais ocorrências em público.
De acordo com Jim Courant, “Eles têm medo. Nem tanto pelos prejuízos para a carreira, perda da hierarquia ou seus pagamentos e pensões, mas sim pela segurança de suas famílias”. Um dos casos dos quais tomou conhecimento foi o de um piloto que comandava um Boeing 747 sobre o Pacífico, em 1980, quando subitamente surgiu um UFO. De acordo com Courant, o piloto afirmou que ninguém na cabine acreditava no que estava vendo. O veterano piloto descreve: “Aquilo era maior que o 747. E o piloto, ao chegar a seu destino final no Japão, foi interrogado e lhe disseram para jamais falar sobre o tema com ninguém”.
CASOS CONHECIDOS SÃO UMA MINORIA DO TOTAL DE OCORRÊNCIAS


CRÉDITO: ARQUIVO
Jim Courant
Jim Courant

 Jim Courant também descreveu inúmeras vezes seu próprio avistamento, ocorrido em 1995. Voado próximo a Albuquerque, Novo México, ele e seu copiloto observaram um objeto ovalado de cor azul esverdeado que os ultrapassou pela esquerda. Subitamente, após um flash de luz branca, o UFO disparou em um ângulo de 45 graus e desapareceu. Outras quatro tripulações entraram em contato com a torre de controle local e descreveram o mesmo acontecimento. Courant afirma que seu copiloto recusou-se a comentar a ocorrência, e nunca mais falou com ele. Essas e outras ocorrências estão registradas pela Narcap, porém Courant afirma que são somente a ponta do iceberg, e que muito do que lhe foi dito ele ainda não tem liberdade de relatar. O piloto acrescenta ainda que o governo dos Estados Unidos deveria acabar com o segredo quanto ao assunto, dizendo: “Os pilotos sabem o que têm observado nos céus, e deviam ser capazes de falar a respeito sem temer o ridículo”.
Saiba mais:
Livro: Terra Vigiada

FEMA edita um guia onde inclui como atuar em caso de ataque EXTRATERRESTRE?

A F.E.M.A Agência Federal de Emergências dos EUA oferece um guia para Bombeiros e pessoal de apoio, escrito por William M. Kramer e Charles W. Bahme onde se inclui um capítulo que explica como se preparar em caso de que ocorra um ataque ALIENÍGENA
Este capítulo é apresentado com exemplos de imagens de possíveis criaturas que alguém poderia encontrar, assim como conselhos para a sobrevivência. Este guia já está na segunda edição e é nesta onde aparecem os novos dados.Neste vídeo da ABC é explicado mais sobre este particular assunto.
Mais um post by: UFOS ONLINE
                                              Veja o Vídeo Abaixo:

                                         Fonte:AntG72

Artefatos maias com imagens de alienígenas são encontrados em piramide



Esta versão pode ser dada para o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) que encontraram esses discos fascinantes no México sob uma pirâmide em 2015. Esta nova descoberta dá um golpe pesado para o sigilo que foi propositadamente criado em torno a verdadeira história da nossa terra. 
Relata o pesquisador “grandes quantidades” de a substância em ruínas de Teotihuacan na descoberta de que poderia lançar luz sobre os líderes misteriosos cidade um arqueólogo descobriu mercúrio líquido no final de um túnel sob uma pirâmide mexicana, uma descoberta que poderia sugerir a existência de túmulo de um rei ou uma câmara de ritual muito abaixo uma das mais antigas cidades 

Presidente da Comissão Europeia diz que aliens estão preocupados com a UE

Durante um discurso no dia 28 de junho 2016 no Parlamento Europeu, em Bruxelas, o Presidente da Comissão da União Europeia Jean-Claude Juncker fez um discurso pra lá de estranho…
Arianos – Nórdicos 
Mas antes de postar sua fala, vamos saber um pouco dessa figura:
Jean-Claude Juncker é um político Luxemburguês, Presidente da Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), desde 2014. Foi ministro de Luxemburgo entre1995 – 2013, bem como Ministro das Finanças de 1989 a 2009.
Foi o chefe mais antigo de qualquer governo nacional na UE, e um dos líderes mais antigos democraticamente eleito do mundo. De 2005 a 2013 Juncker serviu como o primeiro presidente permanente do Eurogrupo.
Além de sua língua nativa, o luxemburguês, Jean-Claude Juncker é fluente em Francês, Alemão e Inglês.
Alguns comentaristas disseram que ele estaria bêbado nessa ocasião, mas não me parece que está fora de si, muito pelo contrário, tem muita segurança no que diz e faz.
Jean-Claude Juncker, num momento de descontração na Cimeira Europeia em Riga, Letônia – 2015
O que Junker disse nesse discurso?
Juncker recomenda aos europeus que estejam cientes da atenção que os ALIENS têm para com a Terra, que tomem as melhores decisões na consolidação da paz e da economia mundial.
Devemos estar cientes de que aqueles que nos observam de longe estão preocupados. Vi e ouvi muitos líderes de outros planetas que estão muito preocupados, porque eles fazem perguntas sobre a maneira em que a UE seguirá. Portanto, temos de garantir aos europeus, bem como aqueles que nos observam de longe“, disse Juncker.
O fato é que o Parlamento Europeu deliberadamente omitiu a declaração na transcrição escrita (disponível aqui: http: / /europa.eu/rapid/press-release _….), insistindo que ele apenas cometeu um erro na formulação.
Não resta duvida que houve uma tentativa oficial para encobrir a fala original de Juncker, levando a crer que ele estaria se referindo a “executivos” preocupados com “Brexit”.
Uma interpretação possível e difícil de acreditar que um líder mundial, que domina muitas línguas, cometeria um erro de “tradução” tão gritante assim em um importante discurso ao Parlamento Europeu – trocar “líderes de outros países” por “dirigentes de outros planetas” – é forte…
Além disso, em vários pontos em seu discurso, Juncker faz referências a si mesmo como um “ser humano“, sugerindo que seu público-alvo, não são humanos.
Esse evento, que irá passar batido nos meios “oficiais” de informação de mídia, de certa forma, só vem a corroborar com aquilo que “teóricos de conspiração” – como EU – ressaltam todos esses anos, dia após dia – de que os ALIENS estão agindo por trás dos panos na tomada da unidade política global…

E o que fica claro é que nem sempre “eles” conseguem o que querem.
Por mais que eles manipulem os acontecimentos, os seres humanos ainda estão no controle do que desejam para o grupo. Isso pode ocorrer de forma não “consciente” de nossa parte, mas de forma inexplicavelmente sutil e organizada.
Nós controlamos a história, nós controlamos o resultado, nós precisamos entender muito bem essa dinâmica entre eles e nós, para poder EXERCITAR de FORMA PODEROSAMENTE CONSCIENTE nossa evolução.
Prepare-se, informe-se, pesquise. Precisamos muito perceber essa relação entre seres multidimensionais e humanos, pois o desvendar desse conhecimento mudará radicalmente a sua, a nossa existência, daqui em diante.
Video na origem da fala de Junker

Transcrição oficial da missão Apolo revela detalhes fascinantes sobre os ETs

Edgar Mitchell na Lua. (NASA).
Milhões de pessoas ao redor do globo firmemente acreditam que os fenômeno dos OVNIs e alienígenas seja real. Mas há reais evidências para respaldar suas crenças? As seguintes transcrições da NASA podem ser consideradas por muitos como prova suficiente.  Elas sugerem que os astronautas da missão Apolo viram coisas alienígenas na Lua.
Embora ainda não encontramos evidências conclusivas de suas existências – todavia não vimos um OVNI pousar e saírem alienígenas deles – pelo menos não oficialmente, há muitas autoridades dos altos escalões governamental e militar, e até mesmo astronautas, que têm falado sobre a vida alienígena e o fenômeno OVNI, indicando que se trata de algo real.
Além das numerosas pessoas falando abertamente em nome do movimento do desacobertamento, recentemente centenas de documentos anteriormente secretos têm sido disponibilizados à população, detalhando avistamentos de OVNIs, fenômenos misteriosos e vida alienígena.
Um dos mais fascinantes documentos vem dos arquivos do FBI, indicando o seguinte:

Parte dos discos carrega tripulações; outros estão sob controle remoto.
Sua missão é pacífica; os visitantes contemplam o assentamento neste planeta.
Os visitantes são como os humanos, mas muito maiores em tamanho.
Eles não são pessoas reencarnadas da Terra, mas vêm de seu próprio mundo.
Os discos possuem um tipo de energia radiante.
Eles não vêm de qualquer ‘planeta’, como usamos a palavra, mas de um planeta etéreo que interpenetra o nosso e não é perceptível a nós.
Os corpos dos visitantes, e também suas naves, automaticamente se materializam ao entrarem na taxa vibratória de nossa matéria densa.
Eles reentram o etéreo à vontade, e assim simplesmente desaparecem de nossa vista, sem deixarem rastros.
A região de onde eles vêm NÃO é do plano astral, mas corresponde ao Lakas ou Talas. Estudantes de assuntos esotéricos compreenderão estes termos.
Mas o documento do FBI não é o único que foi disponibilizado ao público em geral.
Se olharmos para trás na história de um dos programas espaciais de maior sucesso da NASA, encontraremos várias pistas que, de acordo com muitos, indicam como os astronautas das missões Apolo foram seguidos por OVNIs, e que há estruturas alienígenas na superfície da Lua.
A seguinte transcrição da NASA vem das missões Apolo, e faz algumas referências fascinantes (Nota: todas as transcrições podem ser verificadas no site da NASA):

Transcrição Apolo 8

03 16 44 39 LMP Há uma estranha luz lá embaixo.
03 16 h4 45 CDR Seria uma fogueira?
03 16 24 47 LMP Podem ser fogueiras de acampamentos.
03 16 h5 03 C5_ Como se parecem?

Transcrição Apolo 10

04 06 13 02 LMP Essa música até mesmo soa como do espaço sideral, não é? Você escutou isso?  Esse som de assobio?
04 06 13 06 CDR sim.
04 06 13 07 I2_P Whoooooo. Diga seu – –
04 06 13 12 CMP Você escutou o som de assobio também?
04 06 13 14 LMP Sim. Soa como – você sabe, música do tipo espaço sideral.
04 06 13 18 CMP Tento imaginar o que possa ser.
04 06 17 56 CDR 2.
04 06 17 58 L_P Rapaz, essa música é mesmo estranha.
04 06 18 O1 _ Iremos descobrir sobre isto 04 06 18 O1 _ Temos que descobrir sobre isto. Ninguém irá nos acreditar.
04 06 18 07 I.t,2’_ Sim. É um assobio, você sabe, como uma coisa do espaço sideral.
04 12 09 16 CDR Quero dizer… Que diabos foi esse som de gargarejo?
04 12 09 25 LMP Não sei. Mas lhe direi, essa música estranha está me perturbando. Você sabe que –
04 12 09 28 CMP Maldição, escutei também.
04 12 09 29 LMP Sabe o que é engraçado. Isso é bem como algo do espaço sideral, realmente. Quem irá acreditar?
04 12 09 34 CMP Ninguém. Deveremos contá-los?
04 12 09 39 LMP Não sei. Vou pensar sobre isto.
04 12 09 41 CMP Você escutrou, Tom?
04 12 09 42 LMF Sim, escutei.
04 12 09 43 CDR Sim.
04 12 09 47 LMP Diabos, só quero sair desta roupa espacial.
05 10 33 CDR Onde está a música – eu quero – faça Charlie descrevê-la para nós. Onde está o gravador de fita?
06 05 10 38 CMP Na segunda de lá.
06 05 10 3g CDR Não, eu não toquei isso.
06 05 10 43 CDR Alô, Houston; Apolo 10.
06 05 10 48 _ Segure seu microfone para baixo um pouco.
06 05 10 54 CDR Está ligado?
06 05 10 55 _ Sim….
06 05 10 59 C_P Toque o som de novo, quando conseguir. Aumente o volume um pouco.

Transcrição Apolo 11

03 08 20 18 IRP Aquela é uma cratera espetacular.
03 08 20 23 CDR Você tirou algumas fotos enquanto estávamos lá?
03 08 20 25 CMP Não – é melhor fazer depois; haverá ocasiões melhores. Se a amaldiçoada antena não ficar na frente – –
03 08 20 42 CMP Cara, não deve haver nada mais desolador do que estar dentro de algumas destas crateras, estas cônicas.
03 08 20 50 CDR As pessoas que vivem lá provavelmente nunca saem.
03 l0 55 20 CMP Oh Deus, olhe para aquele Moltke; ele é meu favorito … Olhe para aquele filho da mãe. Você vê todas aquelas estradas – estradas triangulares passando bem ao lado dele?
03 l0 55 29 CDR Sim.
03 l0 55 30 CMP Somos nós, eu acho, huh?
03 l0 55 31 CDR Sim.

Transcrição Apolo 14

03 12 22 39 I2_P É realmente interessante. Huh? Aquele um … parece … tem um áspero bem aqui fora – com os picos centrais
03 12 23 02 CDR …
03 12 23 05 I_l° Certamente. Realmente possui uma estrutura central muito complexa.
03 12 23 08 CR_° Tem um dos maiores picos centrais ao ser redor. É uma cratera muito incomum. Mas há algumas áreas escuras dentro dela que Farouk foi registrado dizendo que eram diques.
03 12 23 37 CMl° Sol alto. Aquele é um, bem lá embaixo; Somente mostra como ele domina toda a foto. Somente uma cratera extremamente clara. O ângulo do Sol não está alto suficiente para você vê-lá.
Sim, parece uma operação de mineração.

Vídeo sobre as conversas da Nasa com Astronautas, (Espanhol):



Fonte: ancient-code.com, m3m3
Editado por: Arquivo X do Brasil

Documento britânico afirma ser indiscutível que UFOs existam

Ministério da Defesa manteve a informação oculta até mesmo do Parlamento, buscando meios de utilização prática do Fenômeno UFO

Um estudo realizado pelo Ministério da Defesa Britânico (MoD) chegou à conclusão de que é indiscutível a existência de objetos voadores não identificados e que estes exibem características como pairar, pousar, decolar e acelerar a altíssimas velocidades. O documento também aponta que eles podem alterar subitamente a direção em que viajam e desaparecer de repente. O MoD se refere a esses objetos como Fenômeno Aéreo Não Identificado (UAP em inglês), a fim de evitar a ligação com a teoria de que sejam extraterrestres.
O Projeto Condign foi um grande estudo sobre os UFOs realizado no âmbito da Inteligência da Defesa em 1996, e que permaneceu não publicado até o ano 2000. Por vários anos grupos de ufólogos batalharam na Justiça utilizando a Lei de Liberdade de Informações, até que o documento foi tornado público. A posição oficial do Ministério da Defesa sempre foi que os UAPs não representavam qualquer ameaça contra a segurança nacional da Grã-Bretanha, e que se houvesse a possibilidade de identificar uma tecnologia por trás deles, poderia ser alvo de engenharia reversa para fins militares. O documento foi enviado aos Arquivos Nacionais, porém seu autor nunca foi identificado.
O documento afirma textualmente: “A existência dos UAPs é indiscutível. Eles possuem as habilidades de pairar, aterrissar, decolar, acelerar a excepcionais velocidades e desaparecer, alterar sua direção de voo subitamente, e exibem claramente características aerodinâmicas muito além das de qualquer aeronave ou míssil conhecidos, tripulados ou não”. Porém o texto evita falar em alienígenas, apontando que não há evidências de que o fenômeno seja hostil ou esteja sob algum tipo de controle, exceto o das forças da natureza. O documento diz: “Não há evidência de que qualquer UAP dentro do território do Reino Unido seja incursões de objetos aéreos de alguma inteligência, seja alienígena ou estrangeira, ou que represente qualquer intenção hostil”. O documento conclui que a maioria dos avistamentos são resultado de má interpretação de fenômenos naturais.


CRÉDITO: ARQUIVO
Imagem do documento do Projeto Condign
Imagem do documento do Projeto Condign

 MINISTÉRIO DA DEFESA MANTEVE A VERDADE OCULTA ATÉ MESMO DO PARLAMENTO
O informe aponta que muitos UAPs eram veículos terrestres com características pouco familiares, fenômenos naturais enganosos ou mesmo fenômenos naturais raros. Muitos avistamentos são atribuídos a plasmas formados pela passagem de meteoros, formações de plasma que causam efeitos físicos que podem aparecer como objetos triangulares, e podem ainda causar efeitos em veículos, afetando motores e rádios. Nick Pope, que comandou o Projeto UFO do MoD nos anos 90, afirma que o mais significativo no documento do Projeto Condign, que foi liberado há dez anos, contrariava a posição oficial de que os UFOs não eram um assunto de interesse. “O Projeto Condign era um estudo de Inteligência altamente classificado sobre o Fenômeno UFO, que recomendava a investigação sobre aspectos do mistério que poderiam resultar em novas aplicações militares. Então é claro que o Parlamento foi enganado a respeito”, completa Nick Pope.


CRÉDITO: ARQUIVO
Nick Pope
Nick Pope

Saiba mais:

Megaestrutura alienígena ficou ainda mais misteriosa

Há um ano, a estrela até então praticamente desconhecida KIC 8462852 – batizada de estrela Tabby – virou a obsessão de muitos astrônomos e apaixonados pelo espaço. O corpo espacial piscante conquistou essa fama repentina quando pesquisadores afirmaram que ele poderia ser o resultado de uma megaestrutura alienígena.
Observação cuidadosa da estrela não revelou sinais de aliens, mas sua luminosidade atípica continua provocando pesquisadores. Agora, algumas coisas ficaram um pouco mais estranhas.
Um trabalho ainda não publicado em revistas científicas foi postado nesta sexta-feira (5) no arquivo de trabalhos científicosarXiv, pelo astrônomo Ben Montet, do Instituto de Tecnologia da Califórnia (EUA), e por Joshua Simon, do Intituto Carnegie (EUA). A dupla descreve os resultados de uma análise fotométrica da estrela.
Ao estudar as imagens captadas pela sonda Kepler, os dois descobriram que o brilho da estrela se reduz em certos momentos em 20% e que seu fluxo radiante total diminuiu continuamente os últimos quatro anos.
Nos primeiros 1000 dias de observação, a luminosidade da estrela diminuiu aproximadamente 0,34% por ano. Nos 200 dias seguintes, a estrela escureceu ainda mais rápido, em 2% antes de se estabilizar. Em geral, a estrela ficou 3% menos iluminada nos quatro anos em que a sonda Kepler a observou – pode não parecer, mas esta é uma mudança enorme. Os astrônomos observaram outras 500 estrelas ao seu redor e não notaram comportamento semelhante.
“A parte que realmente me surpreendeu foi quão rápido a não-linear foi. Gastamos um grande tempo tentando nos convencer de que isso não era real. Não conseguimos”, afirmou Montet.

Análise de imagens do século XIX

No início de 2016 outro pesquisador também observou este fenômeno. Bradley Schaefer, da Universidade do Estado de Luisiana (EUA), examinou antigas fotografias do espaço, datadas desde o século XIX. Ele percebeu que nos últimos 100 anos a luz total liberada pela estrela diminuiu 19%. Assim que seu trabalho foi publicado, outros astrônomos alegaram que suas conclusões estavam incorretas por que suas informações estavam problemáticas.
Essa polêmica motivou Montet a observar o comportamento a longo prazo da estrela, mas de outra forma. “Percebemos que para resolver isso, precisamos da base mais longa possível ou de dados de alta precisao. Kepler foi a segunda opção”, explica ele. A mudança observada por Montet foi duas vezes mais rápida que a de Schaefer, mas ele não acredita que o outro trabalho está incorreto. “São diferentes, mas não necessariamente inconsistentes”, diz.

Próximo passo

Está claro que não vamos desvendar este mistério até que tenhamos imagens melhores da estrela. E é exatamente isso que a astrônoma que descobriu a estrela, Tabby Boyajian, quer fazer.
Ela conseguiu levantar a soma necessária para utilizar o Observatório Global de Las Cubres em uma campanha de crowdfunding. Boyajian vai observar sua estrela por um ano inteiro para tentar captar o momento exato em que a estrela muda sua luminosidade. Se isso acontecer, outros telescópios ao redor do mundo estarão prontos para entrar em ação. [Gizmodo]
Via: http://hypescience.com/megaestrutura-alienigena-ficou-ainda-mais-misteriosa/

Algo orbita a estrela KIC 8462852 … Seria estrutura Alienígena?

Deixe seu comentário aqui

Nome

E-mail *

Mensagem *