Pilotos comerciais temem os UFOs

Em suas cabines os pilotos comerciais têm observado UFOs por décadas, porém nem todas as ocorrências são informadas

Muitos avistamentos protagonizados por tripulantes de voos comerciais não são informados por medo

Pilotos de voos comerciais estão entre as melhores testemunhas de casos ufológicos que um pesquisador pode querer. Porém, temendo ver a carreira e a segurança das famílias ameaçadas, a maior parte deles prefere manter-se em silêncio diante de avistamentos de discos voadores. De acordo com o Centro Aeronáutico Nacional de Registros de Fenômenos Anômalos (Narcap), existem ao menos 3.500 casos documentados de fenômenos aéreos não identificados testemunhados por pilotos civis, comerciais e militares.
Uma dessas importantes testemunhas foi o capitão Jim Courant, veterano piloto comercial com 31 anos de carreira. Ele chegou a participar de eventos ufológicos realizados no National Press Club em Washington, e passou anos estudando o Fenômeno UFO. Ele afirma: “Existem muito mais avistamentos do que os que são informados. Chega a ser surpreendente ver como há muitas pessoas bem informadas a respeito. Devido a suas participações em programas na TV, já foi procurado por muitos pilotos que lhe narraram os casos que protagonizaram, mas a maioria segue muito receosa a expor tais ocorrências em público.
De acordo com Jim Courant, “Eles têm medo. Nem tanto pelos prejuízos para a carreira, perda da hierarquia ou seus pagamentos e pensões, mas sim pela segurança de suas famílias”. Um dos casos dos quais tomou conhecimento foi o de um piloto que comandava um Boeing 747 sobre o Pacífico, em 1980, quando subitamente surgiu um UFO. De acordo com Courant, o piloto afirmou que ninguém na cabine acreditava no que estava vendo. O veterano piloto descreve: “Aquilo era maior que o 747. E o piloto, ao chegar a seu destino final no Japão, foi interrogado e lhe disseram para jamais falar sobre o tema com ninguém”.
CASOS CONHECIDOS SÃO UMA MINORIA DO TOTAL DE OCORRÊNCIAS


CRÉDITO: ARQUIVO
Jim Courant
Jim Courant

 Jim Courant também descreveu inúmeras vezes seu próprio avistamento, ocorrido em 1995. Voado próximo a Albuquerque, Novo México, ele e seu copiloto observaram um objeto ovalado de cor azul esverdeado que os ultrapassou pela esquerda. Subitamente, após um flash de luz branca, o UFO disparou em um ângulo de 45 graus e desapareceu. Outras quatro tripulações entraram em contato com a torre de controle local e descreveram o mesmo acontecimento. Courant afirma que seu copiloto recusou-se a comentar a ocorrência, e nunca mais falou com ele. Essas e outras ocorrências estão registradas pela Narcap, porém Courant afirma que são somente a ponta do iceberg, e que muito do que lhe foi dito ele ainda não tem liberdade de relatar. O piloto acrescenta ainda que o governo dos Estados Unidos deveria acabar com o segredo quanto ao assunto, dizendo: “Os pilotos sabem o que têm observado nos céus, e deviam ser capazes de falar a respeito sem temer o ridículo”.
Saiba mais:
Livro: Terra Vigiada

Comentários

Postagens mais visitadas

Descoberta uma semente enviada à Terra por aliens ?

Cientista renomado alega que evidencias de uma antiga civilização alienígena podem ser encontradas na terra!

Operação Prato: REVELADAS FOTOS INÉDITAS!

Sonda Cassini fotografa possíveis OVNIs ao passar próximo a lua Titan de Saturno.

Presidente da Comissão Europeia diz que aliens estão preocupados com a UE

Clifford Stone, “intérprete” de aliens para os militares e governo dos EUA

Revelado o interesse do Príncipe Philip por UFOs

Astrônomos Preveem raro Encontro Estelar no início de… “2018”

Documento britânico afirma ser indiscutível que UFOs existam